Agrrrrrr ….

Constatação : Há uma agressividade no ar… é o design automóvel, o design da moda, passando pela própria postura do indivíduo, na pose e no discurso.

Um pouco de psicanálise: As manifestações de agressividade poderão ser reflexos do medo ou e, da falta de confiança, fruto das incertezas, angustias pela dificuldade crescente da perceção e compreensão dos tempos modernos.

Facto paralelo: Os jogos eletrónicos no top de vendas, são de extrema violência, desde o atropelar grávidas e velhinhos, a rebentar com tudo e todos com um realismo sanguinário bem explicito. Guerra, guerra e mais guerra.

Fotos de Jogos violentos

Análise objetiva tipo lugar-comum: A crescente desigualdade social e a concentração de riqueza obscena nas mãos de um número ínfimo de pessoas ou empresas e a exploração abjeta do ser humano, representando uma nova forma de escravatura, não nos conduzem a uma democracia pacífica e mais justa, mas sim a uma guerra, ensaiada em todo o terreno, dos gangues da droga, difusão do ódio nas redes sociais e grafites aos ditadores fundamentados na mentira, demagogia e terror.


Conclusão: ou as coisas mudam ou estamos f… a propósito:


“Para onde foram todas as flores” de Pete Seeger, 1955, cantada por Marlene Dietrich, Maestro: Burt Bacharach

Publicado por

JÁ ESTOU NOS 60, SOU DO REINO DOS ALGARVES, HIPER SENSÍVEL ÀS AFRONTAS URBANÍSTICAS E SOCIAIS  E FAÇO HEMODIALISE 3 X SEMANA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s