Mafê – Senegal

Mapa do Senegal
Mapa do Senegal

Mafê, Maffé ou Mafé, é um guisado Senegalês, com pasta de amendoim, diferenciando-se de outros, também africanos, pela torrefação inicial do amendoim, antes de ser pilado. Pode ser de carne, peixe ou vegetais, sendo este representado nas fotos, feito com caracóis marinhos, yet, e um tempero tradicional, o netétou, a partir das sementes da árvore nereal, condimento comum na África Ocidental. Levou cebola, alhos, tomate, cenoura, malagueta, quiabo, abóbora. mandioca, e provavelmente óleo de amendoim. É acompanhado com arroz ou cuscuz.

Outros pratos tradicionais do Senegal, são, por exemplo, a Matapa, um prato à base de folhas de mandioca (comum a outros países Africanos) e o arroz de coco.

Adoro pasta de amendoim e mandioca, mas nada de abusar, são daqueles pecados mortais para o pessoal finório como nós, mas uns deslizes ocasionais, só fazem é bem ao espírito! Depois de espreitar algumas receitas de Mafê, por aí, fiz este guisado, mais propriamente, um caril de pernas de frango do campo com todos os “matadouros”.

Mafê de frango

Mafê de “fusão”, adaptado um pouco para a nossa dieta (sem sal), 4 porções

2 pernas de frango do campo sem pele, desossadas e aos pedaços pequenos

1 cebola média, 3 dentes de alho picados

1 colher de sopa de gengibre fresco picado finamente

pimenta, piripíri seco em lascas, paprica, tomilho, louro, canela em pó e 1 folha de louro, coentros

4 colheres de sopa de azeite

1 cenoura grande, 2 tomates, 1 ou mais malaguetas compridas (ao gosto, +- picante)

1 mandioca média, 1 batata doce média

2 colheres de sopa de pasta de tomate

2 chávenas de chá de caldo do frango

2 ou 3 colheres de sopa de manteiga de amendoim puro (sem óleo, sal ou qualquer outro aditivo)

1 curgete média

Começar por semi-coser o frango numa panela de pressão, de preferência, uns 10 min. Guardar 2 chávenas de caldo. Semi-coser também a batata doce e a mandioca (esta leva mais tempo), noutra panela, para largar os potássios e também para se poder manusear melhor. Não esquecer de tirar o fio à mandioca. Cortar tudo aos pedaços.

Temperar os pedacinhos de frango com pimenta, piripíri, gengibre, 1 alho picado, e uma pitada de canela em pó. Aguardar 1 hora.

Aloirar a carne no azeite e reservar. Refogar nesta gordura, a cebola picada e o resto dos alhos picados.

Juntar o tomate, as malaguetas, o louro e o tomilho, saltear. Diluir a pasta de tomate no caldo do frango reservado, misturar bem na panela, tapar e cozinhar por 10 min.

Adicionar a cenoura às rodelas, o frango, a batata doce, a mandioca, e deixar ferver mais uns 15 min, ou até os legumes e a carne estarem cozidos. A curgete, por ser rápida a cozer, deitem uns 5 a 10 min depois. Juntar água, se necessário.

Por fim, juntar a manteiga de amendoim, diluída muito bem em água morna (aos poucos), e envolver devagar no preparado, em lume brando, uns 2, 3 min. O molho deve ficar espesso, mas bem misturado.

Espalhar um pouco de coentros moídos por cima.

Acompanhar com arroz basmati ou cuscuz, e um pouco de abacaxi.

Bon Appétit! ou Na rees ak diam ( na lingua Wolof, do Senegal)

2 pensamentos sobre “Mafê – Senegal

Deixe uma Resposta para Lara Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s