Mano a Mano

Canção “Mano a Mano”, cantada por Salvador Sobral e António Zambujo. Letra de Maria do Rosário Pedreira e música de Júlio Resende. Júlio Resende no piano, André Rosinha no contrabaixo e Bruno Pedroso na bateria

Mano a Mano

Vim chorar a minha pena
No teu ombro e afinal
A mesma dor te condena
Choras tu do mesmo mal
Irmãos gémeos num tormento
Filhos da mesma aflição
Nenhum dos dois tem alento
Pra dar ao outro uma mão
O amor não nos quer bem
Ninguém nos há de valer
Se um perde aquilo que tem
E o outro não chega a ter
Só nos resta o mano a mano
Se não queremos ficar sós
Deixa lá o teu piano
Namorar a minha voz
O amor não nos quer bem
Ninguém nos há de valer
Se um perde aquilo que tem
E o outro não chega a ter
Só nos resta o mano a mano
Se não queremos ficar sós
Deixa lá o teu piano
Namorar a minha voz

Publicado por

JÁ ESTOU NOS 60, SOU DO REINO DOS ALGARVES, HIPER SENSÍVEL ÀS AFRONTAS URBANÍSTICAS E SOCIAIS  E FAÇO HEMODIALISE 3 X SEMANA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s