Parabéns Desportistas Portugueses

É sabido, o desporto nacional é o Futebol. O investimento milionário e familiar no futebol, é quase obsceno. As famílias clubistas, inscrevem logo os seus rebentos no seu clube, decorando-os com toda a parafernália de material clubístico, “os futuros ronaldinhos”, e os meninos sonham com iates e aviões particulares. Não é uma critica ao Ronaldo, que admiro respeitosamente como atleta, mas ao aparelho financeiro, mediático e ao fomento da raiva, do ódio regional e quantas vezes, xenófobo.
Beneficiam ainda, toda uma panóplia de marcas de produtos não muito aconselháveis, cafés e restaurantes onde passam os jogos em écrans “enormus”, e o status politico que mantêm o povo entretido.

O desporto, julgo eu, tem implícito o desportivismo, que, segundo a Infopédia, em Dicionário Porto Editora :

1. Procedimento desportivo ou respeito pelas regras estabelecidas em práticas desportivas; ética desportiva, espírito desportivo, jogo limpo, fair play
2. Capacidade de aceitar com serenidade um resultado ou uma situação adversa; jogo limpo, fair-play

Pelo que o futebol, assim como outras modalidades, noutros países, como o rugby, por exemplo, não é Desporto. Será antes,um espetáculo de entretenimento (chorudo).

Quero homenagear alguns dos mais destacados atletas portugueses, que apesar do fraco apoio logístico, tem sido excecionais, no seu esforço e determinação e penso que se deviam representar somente a si mesmos, à exceção de alguns clubes, que tradicionalmente apoiam os seus atletas. (perdoem-me todos os outros, mas não é o propósito deste artigo ser o mais exaustivo possível)

Clicar na Galeria (são as fotos possíveis) para ampliar.

Alguns dos maiores Desportistas Portugueses de sempre

ATLETISMO

  • Maria Fernanda Moreira Ribeiro (Penafiel, 23 de Junho de 1969) é uma atleta, especialista em corridas de fundo e meio fundo. Uma das maiores referências portuguesas na modalidade, sagrou-se em 1996, campeã Olímpica, dos 10000 metros em Atlanta, tornando-se na terceira atleta nacional a conseguir o ouro olímpico, depois de Carlos Lopes e Rosa Mota. Sendo a atleta portuguesa mais medalhada de sempre, alcançou, entre outros feitos, a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000 e os títulos de campeã do Mundo, campeã da Europa e bicampeã europeia de pista coberta. Teve a honra de receber a Medalha Olímpica Nobre Guedes[2] e foi convidada a ser a porta-estandarte da comitiva portuguesa, na abertura dos Jogos Olímpicos de Atlanta, que terminariam com Fernanda Ribeiro a bater o record olímpico dos 10000 metros. Foto de Marathon Hamburg, 2006, de Klaus Friese.
  • Ana Dulce Ferreira Félix é uma atleta de fundo e corta-mato. Em 2012, sagrou-se campeã da Europa na disciplina de 10 000 metros, em Helsínquia. No seu currículo, conta ainda com os títulos por equipas de campeã europeia de corta-mato, em Dublin 2009 e uma medalha de bronze nos Mundiais da mesma modalidade. Wikipédia, foto Ana Dulce Félix during 2011 World championships Athletics in Daegu, de Erik van Leeuwen.
  • Elsa Marisa Branco Barros, maratonista, foi sexta no Campeonato Mundial de Atletismo de 2009. Participou nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, ficando no 32.º lugar. Em fevereiro de 2011, atingiu o terceiro lugar na terceira Maratona de Yokohama, no Japão, com a marca de 2:25.04, ultrapassando Manuela Machado na lista dos melhores tempos portugueses, logo atrás de Rosa Mota. Em novembro de 2012, voltou a arrecadar o terceiro lugar na Maratona feminina de Yokohama. A 10 de julho de 2016, foi feita Comendadora da Ordem do Mérito. Foto Marisa Barros in Berlin, 23.08.2009, de Franz Richter.
  • Manuela Machado, uma das melhores atletas da Maratona portuguesas. Foi vencedora da Medalha Olímpica Nobre Guedes em 1995.
  • Pedro Pablo Pichardo, Campeão olímpico de Portugal em Tóquio em 2021. Doha Stadium Plus Qatar.
  • Nelson Évora, é um atleta de alto nível international português de origem cabo-verdiana. É especialista em triplo salto, embora também pratique salto em comprimento. Representou Portugal em várias provas internacionais tendo sido campeão do mundo do triplo salto em 2007 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, em Pequim. Em 2007, recebeu a Medalha Olímpica Nobre Guedes. Em março de 2017, ganhou a Medalha de Ouro em triplo salto no European Athletics Indoor Championship, em Belgrado, com a marca de 17,20m. Em agosto de 2017, conquista a Medalha de Bronze no Campeonato Mundial de Atletismo em Londres, com a marca de 17,19m, tornando-se no segundo saltador de triplo-salto mais medalhado em Campeonatos Mundiais de Atletismo. Em março de 2018, nos Mundiais de Atletismo em Birmingham, conquista a medalha de bronze. O português fez 17,40 no último salto, ficando a apenas três centímetros do novo campeão mundial de pista coberta do triplo salto, Will Claye (que fez 17,43 metros), e a um da prata… “Mais um fantástico desempenho para o atleta português, que aos 33 anos, está numa fase soberba”, sublinha o Record. Em agosto de 2018, nos Europeus de Atletismo em Berlim, com a marca de 17,10m, alcança pela primeira vez na sua carreira a medalha de ouro nesta competição. Em consequência, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito a 30 de agosto de 2018. Wikipédia. Foto 2015, Mohan, Doha Stadium Plus Qatar.
  • Patrícia Mamona, Em 2012, no Europeu de ar livre, a atleta portuguesa acabaria por ser medalhada de prata, na prova do triplo salto. No dia 10 de julho de 2016, no Campeonato Europeu de Atletismo, em Amesterdão, saltou 14,58 metros, conquistando a medalha de ouro e estabelecendo um novo recorde nacional de triplo salto feminino. No mesmo ano, a 14 de agosto, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, terminou o concurso na 6ª posição, obtendo assim a melhor classificação de sempre do triplo salto feminino português, após um salto de 14,65 metros. No dia 7 de março de 2021 ganhou a medalha de ouro (Triplo Salto) no Campeonato Europeu de Atletismo em Pista Coberta 2021 em Torún, com uma marca de 14.53 metros, após ter lutado contra a COVID-19. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, realizados no verão de 2021 devido à pandemia covid-19, Patrícia Mamona alcançou a medalha de prata com a marca de 15,01m, batendo assim o recorde nacional na modalidade. Foto World Challenge. Meeting Madrid 2017. Moratalaz, Madrid. de Barcex.
  • Jéssica de Barros Augusto, mais conhecida por Jéssica Augusto, é uma atleta portuguesa especializada em provas de meio-fundo longo e de corta-mato. Ao longo da sua carreira conquistou treze medalhas em grandes competições internacionais, com destaque para o título de campeã da Europa, em 2010. Wikipédia
  • Auriol Dongmo, Representou os Camarões até 2017, e com a sua naturalização como cidadã portuguesa passou a representar Portugal a partir de 2020. Especializada no lançamento de peso e disco pelo Sporting. No Campeonato Europeu de Atletismo em Pista Coberta de 2021 realizado em Toruń, na Polónia, obteve a medalha de ouro com a marca de 19.34 m.
  • Rui Manuel Monteiro da Silva (Santarém, 3 de agosto de 1977) é um atleta português, especialista em meio fundo, designadamente os 1500 e os 3000 metros. Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, conquistou 10 medalhas em grandes competições internacionais, com as cores de Portugal, entre as quais 1 título de campeão mundial e 3 títulos de campeão europeu (em pista coberta), afirmando-se como um dos melhores atletas portugueses de sempre. Representou o Sporting Clube de Portugal entre 1996 e 2016, quando mudou para o Benfica. foto World Championship Athletics 2009 in Berlin, de Erik van Leeuwen
  • João Paulo Garcia Vieira é um marchador português medalhado nos Campeonatos da Europa de Atletismo de 2006 e 2010. Conquistou a medalha de prata na prova de 50km marcha do Campeonato Mundial de Atletismo de 2019 e tornou-se o atleta mais velho de sempre a ganhar uma medalha na competição aos 43 anos, Wikipedia.
  • Inês Pereira Henriques (Santarém, 1 de maio de 1980) é uma marchadora portuguesa, campeã e recordista mundial da marcha de 50 km. foto de Aronu, 2015
  • Carla Salomé Rocha é uma atleta portuguesa de fundo que competiu nos 10000 metros no Campeonato Europeu de Atletismo de 2016 e no Mundial de 2017, terminando em 28º nesta última competição com um tempo de 32:52,71. Ela também terminou em 8º na Maratona de Londres de 2019 com um tempo de 2:24:47. Wikipédia, foto de WikiSporting.
  • Evelise Maria Tavares da Veiga é uma portuguesa de salto em comprimento que também compete em provas de salto triplo. Ela ganhou duas medalhas de prata na Universíada de Verão de 2019 em Nápoles, Itália. Wikipédia, foto de WikiSporting.
  • Melanie Bronze dos Santos é uma triatleta portuguesa. Ela ganhou a medalha de ouro nos Jogos do Mediterrâneo de 2018 no sprint individual feminino. Em 2021, ela competiu no evento feminino nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio, Japão. Wikipedia (inglês). Foto de Sangudo, flickr.com
  • Sara Catarina Costa Pontes Ribeiro, conhecida como Catarina Ribeiro, é uma corredora portuguesa de longa distância que compete em provas de nível internacional. Sua maior conquista foi ganhar a medalha de Bronze no Campeonato Europeu de Atletismo Sub-23 em Ostrava. Wikipedia (inglês). Foto de WikiSporting.
  • Marta Filipa Pen Oliveira Freitas, comumente referida como Marta Pen, é uma atleta portuguesa que compete em provas de corrida de média distância, detendo o recorde nacional na corrida de milha, com um tempo de 4: 22.45. No nível do clube, ela representa S.L. Benfica. Wikipedia (inglês). Foto de filip bossuyt from Kortrijk, Belgium, 2018
  • Liliana da Silva Cá é uma atleta portuguesa especializada no lançamento de disco. Ela ganhou uma medalha de prata nos Jogos do Mediterrâneo de 2018. Ela teve uma pausa de cinco anos em sua carreira entre 2013 e 2018 para criar os filhos. Wikipedia (inglês)
  • Ana Isabel Vermelhudo Cabecinha (Santiago Maior, Beja, 29 de abril de 1984) é uma marchadora portuguesa. Ana Cabecinha (129) e Elisa Rigaudo (120) na Copa de Europa de Marcha Atlética de 2015 celebrada en Murcia, España. foto de Aronu.
  • Sara Isabel Fonseca Moreira é uma atleta portuguesa, especialista nos 3000 metros com obstáculos e em provas de fundo. A 10 de julho de 2016, foi feita Comendadora da Ordem do Mérito. Wikipédia. Foto WikiSporting
  • Rosa Maria Correia dos Santos Mota é uma ex-atleta portuguesa campeã olímpica e mundial da maratona. Tornou-se conhecida principalmente pelas suas prestações nesta prova, sendo considerada por muitos como uma das melhores corredoras do século XX nessa especialidade. Wikipédia. Foto de Rosa Mota
  • Carlos Alberto de Sousa Lopes é um ex-atleta e campeão olímpico português, um dos melhores da sua geração e uma referência mundial do atletismo de longa distância. Lopes sobressaiu tanto nas provas de pista, como nas de estrada e no corta-mato. Foi vencedor da Medalha Olímpica Nobre Guedes em 1973. Wikipédia, foto de Vollebregt, Sjakkelien / Anefo

BASQUETEBOL

  • Patrícia “Ticha” Nunes Penicheiro OIH • ComIH (Figueira da Foz, 18 de Setembro de 1974) é uma ex-basquetebolista portuguesa que jogou durante 15 épocas na WNBA, tendo-se retirado em 2012. Actualmente, é agente de jogadores(as).
  • Patrícia “Ticha” Nunes Penicheiro é uma ex-basquetebolista portuguesa que jogou durante 15 épocas na WNBA, tendo-se retirado em 2012.

CANOAGEM

  • Fernando Pimenta, Oleg Bkhambri (Voltmetro)Tokio 2021. Canoista Fernando Pimenta conquista a medalha de bronze em Tóquio, na prova de K1 1000 metros.
  • Emanuel Eduardo Pimenta Vieira da Silva é um velocista português na modalidade de canoagem, foi finalista nos Jogos Olímpicos de Atenas e vencedor da medalha de Prata em K-2 1000m em Londres 2012. Wikipédia, Foto Emanuel Silva at the Great Wall in Badaling one day after the 2008 Summer Olympics., de Doma-w (talk)
  • Teresa do Rosário Afonso Portela, nascida em 30 de Outubro de 1987, em Gemeses, iniciou a modalidade de canoagem em 1996 no Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses clube que representou até 2012, data a partir da qual passou a representar o Sport Lisboa e Benfica, foto de Estevoaei
  • João Luís Peixoto Ribeiro é um canoeiro de velocidade português que compete desde finais dos anos 2000. Junto com Emanuel Silva, ele conquistou a medalha de ouro no evento K-2 500 metros no Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade de 2013 e no Campeonato Europeu de Canoagem Velocidade de 2014. Wikipedia (inglês)
  • Antoine Manuel Sylvain Quintal Launay é um canoísta português que compete na canoagem slalom. Wikipedia (inglês), Antoine Launay during the 2019 Canoe Slalom World Championships in La Seu d’Urgell, Spain. Foto de Antoine Lamielle
  • Joana Vasconcelos é uma canoísta portuguesa medalhista, escolhida para representar o país nas Olimpíadas de Tóquio em 2021. Wikipédia

CICLISMO

  • João Pedro Gonçalves Almeida, Ciclista, English: 2018 UCI Road World Championships Innsbruck/Tirol Men under 23 Individual Time Trial. Picture shows: Joao Almeida of Portugal, foto de Granada
  • Joaquim Agostinho OIH (Torres Vedras, 7 de Abril de 1943 — Lisboa, 10 de Maio de 1984) foi um ciclista português. Morreu depois de dez dias em coma em consequência de uma queda sofrida numa etapa da X Volta ao Algarve. A sua carreira internacional começou em 1968, depois de ter sido observado pelo director desportivo francês Jean de Gribaldy. Obteve resultados de destaque na Volta a Espanha, vários dias de amarelo e um segundo lugar final, distando apenas 11 segundos da vitória, e na Volta a França onde terminou duas vezes no pódio e venceu a mítica etapa do Alpe d’Huez. Foto de Joaquim Agostinho, de Panini, 1973
  • Maria Ribeiro Gomes Martins (Moçarria, 9 de julho de 1999) é uma desportista portuguesa que compete no ciclismo nas modalidades de pista e rota. A atleta conquistou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Ciclismo em Pista no ano de 2020 na prova de scratch.[1] Nesse mesmo campeonato alcançou 4.º lugar na disciplina de Omnium, que lhe garantiu apuramento para os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020. Foto de Nicola, 2019

FUTEBOL

  • Eusébio da Silva Ferreira, mais conhecido por Eusébio, foi um futebolista português nascido na então Província Ultramarina de Moçambique durante a época colonial. É considerado um dos melhores futebolistas de todos os tempos pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol, especialistas e fãs. Wikipédia. Foto : From left to right, Pelé, Brian Joy, and Eusébio. Taken April 1, 1977 before a game between the Las Vegas Quicksilvers and the New York Cosmos. foto de Sylvia Joy, the wife of Brian William Joy
  • Mário Esteves Coluna (Ilha da Inhaca, 6 de Agosto de 1935 — Maputo, 25 de Fevereiro de 2014) foi um futebolista luso-moçambicano. Foi um dos melhores jogadores do Benfica, entre 1954/55 e 1969/70, sendo duas vezes campeão europeu, em 1961 e 1962, tendo sido o segundo africano a erguer a Taça dos Campeões Europeus (o primeiro foi, em 1961, José Águas – nascido em Angola). Venceu dez Ligas Portuguesas, sete Taças de Portugal e cinco Taças de Honra da Associação de futebol de Lisboa, tudo ao serviço do Sport Lisboa e Benfica. Foto: Mario Coluna arriveert op Schiphol voor de halve finale Europacup I tussen Ajax en Benfica, de Nationaal Archief Fotocollectie Anefo

FUTSAL

  • Ricardo Filipe da Silva Duarte Braga, mais conhecido como Ricardinho, “O Mágico“é um jogador português de futsal. Desde o Gramidense, clube onde começou a jogar futsal aos 17 anos, vestiu as camisolas do Miramar, Benfica, Nagoya Oceans, CSKA Moscovo, Inter Fútbol Sala, clube onde se consagrou, e o atual ACCS FC. Wikipédia, foto de Alface

Na Seleção Portuguesa:

  • Copa do Mundo de Futsal: 2021
  • Mundialito de Futsal: 2007
  • Campeonato Europeu de Futsal : 2018

GINÁSTICA ARTÍSTICA

  • Ana Filipa Martins compete em Uneven Bars na final feminina do 8º Campeonato Europeu Individual de Ginástica Artística Feminina e Masculina na Netto Arena, Szczecin, Polônia, em 12 de abril de 2019 – Foto de Alex Filipov.
  • Zoi Mafalda Marques de Lima (Porto, 7 de outubro de 1991)[1] é uma ginasta portuguesa. Ela é integrante da equipe portuguesa de ginástica artística que disputou o Campeonato Mundial de Ginástica Artística de 2007, realizado na cidade de Estugarda, Alemanha. Foto de edvvc, exercício da subdivisão 5 durante a competição feminina geral no 1º Campeonato Mundial de Ginástica Artística da FIG em 28 de junho de 2019 em Győr, Hungria. Retratado: Lia Sobral. foto de Martin Rulsch.
  • Gustavo Palma Simões, 200 – Campeonato da Europa de Juniores – 2º Lugar – Medalha de Prata – Artística Masculina – Argolas– Campeona da Europa – 3º Lugar – 3º Lugar – Concurso Geral, 2007– Campeonato Nacional por Aparelhos – 1º lugar – Argolas– Campeonato Nacional por Aparelhos – 1º lugar – Concurso Geral. Pelo Lisboa Ginásio Clube português.
  • Francisca Cancela. Exercício de salto da subdivisão 5 durante a competição feminina geral no 1º Campeonato Mundial de Ginástica Artística da FIG em 28 de junho de 2019 em Győr, Hungria. foto de Martin Rulsch, 2019

GINÁSTICA ACROBÁTICA

  • Diogo Ferreira Tribolet de Abreu é um trampolinista português nascido nos Estados Unidos. Ele competiu na competição de trampolim nos Jogos Olímpicos de 2016, onde foi eliminado na fase de qualificação. A nível de clubes, representa o Sporting CP. Wikipedia (inglês), foto WikiSporting
  • Bárbara da Silva Sequeira é uma ginasta acrobática portuguesa. Com os parceiros Iris Mendes e Jessoca Correia, da Silva Sequeira alcançou o 8º lugar no Campeonato Mundial de Ginástica Acrobática de 2014. Wikipedia (inglês). Foto: 2014 Acrobatic Gymnastics World Championships, 10th-12 July, Levallois-Perret, France. Qualifications : women’s group. Portugal. de Pierre-Yves Beaudouin
  • Diogo Ganchinho é uma ginasta portuguesa de trampolim. Ele representou Portugal nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim, China e nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres, Reino Unido. Em 2008, ele terminou em 11º lugar na rodada de qualificação no evento de trampolim masculino. Wikipedia (inglês)

HIPISMO

  • Luciana Diniz, cavaleira, Vienna Masters am 21. September 2013, by Ailura
  • João Miguel Torrao, cavaleiro
  • Maria Caetano (2018), O White Cedar levou-a a dois títulos de Campeã Nacional como Young Rider, três Campeonatos da Europa e uma Final da Taça do Mundo deste Escalão e o Diamant 391 que a levou à primeira medalha de Ouro do Campeonato Nacional de Seniores a nível de Grande Premio e ao seu primeiro Campeonato da Europa como Cavaleira Sénior da Equipa Portuguesa.foto de Evan6065

HÓQUEI EM PATINS

  • António José Parreira do Livramento, mais conhecido como António Livramento, foi um jogador de hóquei em patins português, considerado por muitos o melhor jogador do Mundo de todos os tempos Conquistou incontáveis títulos durante a sua longa carreira, tanto de jogador, como de treinador. Wikipédia

JUDO

  • Jorge Fonseca, judo, aqui campeão do mundo em Tóqio 2019 instante de video da euronews
  • Telma Alexandra Pinto Monteiro, mais conhecida por Telma Monteiro, é uma judoca portuguesa. Conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 na categoria de –57 kg. Wikipédia, Sport Lisboa e Benfica, 2021
  • Joana Isabel Ventura Ramos é uma atleta olímpica portuguesa de judo, na categoria de -52 kg. Representa o Sporting Clube de Portugal desde 2010, foto de Aramos46
  • Catarina Martins de Mesquita Paiva Costa é judoca portuguesa. Ela é a medalha de ouro do Grand Slam de Judô 2019 em Brasília e representou Portugal nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio. Wikipedia (inglês). foto de JOSÉ COELHO/LUSA
  • Bárbara Chianca Timo é uma judoca portuguesa nascida no Brasil. Ela ganhou a medalha de prata no Campeonato Mundial de Judô 2019. Em 2021, conquistou uma medalha de ouro no Grand Slam de Judo de Paris,dos 63 kg. Ela competiu no evento feminino até 70 kg nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio, Japão. Wikipedia (inglês). Mundial Judô Senior Tóquio 2019 – 29/08/2019 – Categoria (-70kg) – Primeira rodada – Bárbara Timo (POR) X Enkhchimeg Tserendulam(MGL) Foto: Roberto Castro/ rededoesporte.gov.br

MOTOCICLISMO

  • António Lopes (Lisboa, 1 de Julho de 1961) é um piloto de motos todo-terreno, que participou no ”Dakar” de 1991, sendo o primeiro português a disputar este rali em moto. Com um extenso palmarés, foi Campeão Nacional de Enduro, em 1990, vencedor do Raid de Portalegre, conseguiu o 26º lugar no Rali dos Faraós. Após as participações de José Megre, em jipe UMM, em 1982, 1983 e 1984, foi apenas na 13ª edição do Rali Dakar, em 1991, que um motociclista português participou pela primeira vez no “Dakar”. António Lopes, aos comandos de uma Honda Africa Twin 650, com um “pacote de assistência” fornecido pela Honda France, participou no Paris-Tripoli-Dakar.
  • Miguel Ângelo Falcão de Oliveira, piloto de motociclismo, Miguel Oliveira 2011 Estoril, foto de Jorge Meneses

NATAÇÃO

  • Tamila Holub, é uma nadadora portuguesa nascida na Ucrânia. Ela competiu no evento feminino de estilo livre de 800 metros nos Jogos Olímpicos de 2016. Começou a frequentar e a nadar na NC State University no outono de 2017. Qualificou-se para representar Portugal nos Jogos Olímpicos de 2020.
  • Diana Margarida Coelho Durães é uma nadadora portuguesa que detém recordes nacionais nos 200, 400, 800, 1500 e 5000 metros livres. Ela competiu nos 200 metros livre feminino no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2017. A nível de clube, ela representa S.L. Benfica.
  • Alexis Manaças da Silva Santos é um nadador português. Ele competiu no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2015 e nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. A nível de clubes, representa o Sporting CP. Wikipedia (inglês), Foto de WikiSporting

PARIS-DACAR

  • Bernardo Villar, fez a sua primeira participação em 1994. Foi um dos primeiros pilotos a cativar o interesse e o patrocínio de grandes marcas externas ao mundo do motociclismo como a Actimel. Sempre muito consistente, as 6 vezes que terminou o Dakar foram um record nacional que só foi quebrado em 2013 por Hélder Rodrigues.

23º em 1994
14º em 1995
16º em 1999
9º em 2000
10º em 2001
15º em 2002 (venceu 1 etapa)

  • Paulo Marques estreou-se no Dakar no mesmo ano de Bernardo Villar mas foi em 1995 que concluiu pela primeira vez a prova. O piloto de Vila Nova de Famalicão foi o primeiro português a vencer uma etapa, ao triunfar no penúltimo dia da edição de 1997. Chegou a escrever um livro com várias histórias da sua participação no Dakar.

15º em 1995
8º em 1997 (venceu 1 etapa)
65º em 2000
12º em 2001
10º em 2002

  • Miguel Farrajota foi 14º em 2000, na sua única participação no Dakar, Miguel Farrajota esteve em bom plano apesar de uma grave queda sofrida na 6ª etapa.
  • Rodrigo Amaral, 17º em 2002
  • Hélder Rodrigues. Muito poucos pilotos se podem orgulhar de ter um palmarés como o de Helder Rodrigues no Dakar. O piloto de Sintra terminou 11 vezes a prova (um record nacional), 7 das quais dentro do Top 5. É o português com mais vitórias em etapas deste mítico Rally e o único a ter terminado mais do que uma vez no pódio.

9º em 2006
5º em 2007 (venceu 2 etapas)
5º em 2009 (venceu 1 etapa)
4º em 2010
3º em 2011 (venceu 1 etapa)
3º em 2012 (venceu 1 etapa)
7º em 2013
5º em 2014
12º em 2015 (venceu 2 etapas)
5º em 2016 (venceu 1 etapa)
9º em 2017

  • Paulo Gonçalves é o português com melhor palmarés ainda no activo e um dos poucos que participou no Dakar em África, na América do Sul e agora na Arábia Saudita. Vítima de vários azares em algumas edições, o seu melhor resultado foi o 2.º lugar conquistado em 2015.

25º em 2006
23º em 2007
10º em 2009
26º em 2012
10º em 2013
2º em 2015
6º em 2017

  • Rúben Faria, como muitos outros lusos, Rúben Faria estreou-se no Dakar no ano em que a prova arrancou de Lisboa. O algarvio deu nas vistas em 2006 e 2007 ao vencer uma das etapas realizadas em Portugal em cada uma das edições. Paulatinamente, Faria foi evoluindo nos seus resultados e, em 2013, tornou-se no primeiro piloto português a subir ao degrau intermédio do pódio.

35º em 2006 (venceu 1 etapa em Portugal)
Em 2007 venceu 1 etapa em Portugal mas não terminou
11º em 2010 (venceu 1 etapa)
8º em 2011
12º em 2012
2º em 2013
6º em 2015

  • Pedro Bianchi Prata é o segundo português que mais vezes terminou o Dakar. O experiente piloto chegou ao fim do mítico Rally Raid em 9 ocasiões, 4 das quais dentro do lote dos 30 primeiros.

103º em 2007
30º em 2009
30º em 2010
30º em 2011
42º em 2012
58º em 2013
29º em 2014
80º em 2016
57º em 2017

  • Joaquim Rodrigues

12º em 2017
17º em 2019

  • Sebastian Bühler, o luso-germânico é um dos próximos grandes valores dos Rally Raids a nível mundial. 20.º na sua estreia no Dakar em 2019, Sebastian Buhler vai integrar a equipa oficial da Hero Motosports este ano ao lado de Paulo Gonçalves e Joaquim Rodrigues.
  • 20º em 2019
  • Elisabete dos Santos Marques Jacinto OM (Montijo, 8 de junho de 1964) é uma piloto portuguesa de todo-terreno, com várias participações do ”Dakar”, entre 1998 e 2009. É professora de Geografia, autora de manuais escolares, co-autora da BD Os Portugas no Dakar e autora do livro Irina no Master Rali
  • Pedro Amado, 28º em 1992, Paris Dacar. No ano seguinte à estreia de António Lopes, Pedro Amado tentou a sua sorte e conseguiu tornar-se no primeiro português a chegar ao fim do Dakar. O piloto da Yamaha terminou na 9.ª posição na classe Maratona

REMO

  • Pedro Diogo Rosas Cardoso Fraga, Remador, medalla de plata en los Juegos del Mediterráneo 2018, foto de Vanbasten 23

TÉNIS DE MESA

  • Fu Yu, tenis de mesa
  • Tiago André Barata Feio Peixoto Apolónia ComIH (Lisboa, 28 de Julho de 1986) é um mesa-tenista português.[2]Actualmente tem a melhor posição de um português de sempre tendo ficado em 19.º do ranking mundial de Dezembro de 2010, Conquistou o Campeonato Europeu pela Selecção Nacional em 2014, Foto ITTF World Tour 2017 German Open, Magdeburg, Germany, 7 Nov 2017 – 12 Nov 2017, Apolonia Tiago, de Peter Porai-Koshits
  • Shao Jieni, jogadora de ténis de mesa portuguesa nascida na China.
  • João Pedro Andrade Selgas Monteiro é um mesa-tenista português. Wikipédia
  • João Monteiro, Tenis de Mesa, Competiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, 2012 e 2016. Representa atualmente o Sporting Clube de Portugal. Conquistando, a 18 de Maio de 2018, o tricampeonato nacional. Representou anteriormente o clube alemão 1.FC Saarbrücken.Em 2014 conquistou o Campeonato Europeu, pela Selecção Nacional.[1]A 1 de Dezembro de 2014, conjuntamente com os seus colegas de equipa e treinadores, foi feito Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.[3]Em 2016 classificou-se em 2º lugar na Taça da Europa de Ténis de Mesa ao perder na final com o atual campeão da europa em título, o alemão Dimitrij Ovtcharov por 4-2. Este evento decorreu em Gondomar, Portugal.[4] Foto
  • Marcos André Sousa da Silva Freitas , tenis de mesa, Segundo a Federação Internacional de Ténis de Mesa, ele é o 25.º melhor mesa-tenista do mundo(dezembro 2020), e o melhor jogador português da história.[4] Wikipedia, foto de

SURF

  • Frederico Morais, mais conhecido por Kikas, é um surfista profissional português que compete no Campeonato Mundial de Surfe Masculino desde 2017. Foto por Francisco Morais, flickr.com
  • Teresa Bonvalot, Antiga praticante de futebol, vela e atletismo, Teresa Bonvalot começou a praticar Surf com apenas 7 anos de idade, contando no seu palmarés com dois títulos nacionais conquistados em 2014 e 2015, isto para além de em 2016 ter sido Campeã da Europa Júnior na Liga Mundial de Surf. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (2021) a 25 de Julho de 2021 na praia de Tsurigasaki, localizada a cerca de 65 km da capital japonesa, Teresa Bonvalot inscreve o seu nome na história do olimpismo, ao tornar-se na primeira mulher de sempre a surfar uma onda em Jogos Olímpicos. Em termos desportivos, terminou a primeira série da ronda 1 na 2ª posição com 9.80, avançando assim diretamente para a ronda 3, onde seria eliminada por Silvana Lima do Brasil. Fonte: Wiki Sporting. foto de chde.eu, flickr,com

SKATE

  • Gustavo Pereira Ribeiro é um skatista profissional português. Ele ganhou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Skateboarding 2019 no skate de rua. Wikipedia (inglês)

TAEKWONDO

  • Rui Pedro Rebelo Bragança (Guimarães, 26 de dezembro de 1991) é um desportista português que compete em taekwondo. Foi Vice Campeão do Mundo em 2011, foi 2 vezes Campeão da Europa (2014 e 2016) e chegou a liderar o Ranking Mundial em Agosto de 2014.Nos Jogos Europeus de Bakú 2015 conseguiu uma medalha de ouro na categoria de –58 kg e garantiu a qualificação para os Jogos Olímpicos como nº3 do ranking olímpico em Dezembro 2015.[3]Foi o primeiro atleta português a vencer um combate de taekwondo nos Jogos Olímpicos, tendo perdido no combate de acesso às medalhas por 3-4 com o atleta Dominicano Luisito Pie que acabou por ganhar a medalha de Bronze.

TÉNIS DE CAMPO

  • João Pedro Coelho Marinho de Sousa tenista, João Sousa detém vários recordes de ténis masculino português. Em outubro de 2013, ele ficou em 49º lugar no ranking mundial após sua vitória no Aberto da Malásia, tornando-se o primeiro jogador português a entrar no top 50 de simples. Em novembro de 2015, Sousa alcançou o melhor ranking da carreira e o melhor número 33 do mundo, após o seu segundo título de simples do ATP World Tour no Aberto de Valência. Em maio de 2016, ele melhorou seu ranking pessoal, tornando-se o primeiro jogador português a entrar no top 30, resultado de chegar às suas primeiras quartas-de-final do Masters 1000 em Madri. Em 2014 ele foi o primeiro jogador português a competir exclusivamente no ATP World Tour em uma única temporada; o primeiro a ser classificado num torneio de Grand Slam (2014 US Open); e o segundo a chegar às quartas de final em um evento de Grand Slam (2015 US Open duplas). Sousa é o quarto jogador português a chegar ao top 100 de simples, e o segundo a fazê-lo no ranking de simples e duplas, depois de Nuno Marques. Ele também é o jogador português com o maior prémio da carreira e o maior número de vitórias em torneios de simples do Grand Slam. Foto de si.robi, 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s