Voluntariado na AEPGA

O burro

Só quem não os conhece, lhes pode chamar de burros. Não sei qual a ideia desse nome, eles são tudo menos burros, e muito menos Asnos. São muito inteligentes. O seu nome científico é Equus africanus asinus, e os outros nomes, pelo qual é tratado, assentava-lhe muito melhor: jumento, jegue ou jerico. Foi nosso companheiro, em desbravar caminhos pelas serras e montes, em carregamentos de … Continue a ler O burro

cena do filme "O ano da morte de Ricardo Reis" de João Botelho

‘O Ano da Morte de Ricardo Reis’ do realizador João Botelho

O filme ‘O Ano da Morte de Ricardo Reis’, do realizador João Botelho, baseado na obra de José Saramago, venceu o prémio de melhor filme na competição internacional do Festival Efebo D’Oro, em Palermo (Itália). Escrito em 1984, por José Saramago, foi adaptado ao cinema por João Botelho. Um filme onde podemos ver Chico Diaz, Luís Lima Barreto, Catarina Wallenstein, Victoria Guerra, Hugo Mestre Amaro, … Continue a ler ‘O Ano da Morte de Ricardo Reis’ do realizador João Botelho

Diabetes - Estatísticas, Fonte - Direção-Geral da Saúde (DGS)

Estatísticas – Diabetes

População de Portugal – 10.297,1 (2020) Links úteis : Diabetes365 “A Diabetes 365º é uma plataforma dedicada à divulgação da diabetes sob três ângulos principais: saber, prevenir e cuidar. Conta com a parceria de revistas e websites especializados em saúde, assim como o apoio de entidades para a educação e prevenção da diabetes, desde Associações Médicas, Associações de Doentes, Indústria Farmacêutica, entre outras.” Portal da Diabetes “Do … Continue a ler Estatísticas – Diabetes

uma cientista segura um fragmento da planta ornamental Ixora coccínea.

Últimas da Ciência em Portugal – 1

Em Homenagem a José Mariano Gago. A valorização da ciência, logo da investigação, como indicativo de maior e melhor escolarização, esclarecimento, progresso económico, social e de independência nacional. A produção intelectual e artística, é a salvação económica, para um país pequeno e sem grandes recursos naturais e produtivos como é o caso de Portugal. Nas ultimas décadas o investimento em ciência vem aumentando, apesar de … Continue a ler Últimas da Ciência em Portugal – 1

Retrato de Maria Teresa Horta no mural sobre as "Mulheres da Revoluçâo de Abril", de Elton Hipólito (2019)

Um poema de Maria Teresa Horta

Maria Teresa Horta, Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, conhecidas pelas Três Marias, autoras da obra Novas Cartas Portuguesas (1972), de teor feminista e de denuncia da repressão social, politica e colonialista, durante a ditadura em Portugal, que lhes valeu um processo em tribunal, tendo sido somente absolvidas após o 25 de Abril de 1974. Anjos da memória – V Os anjos alados da … Continue a ler Um poema de Maria Teresa Horta

Flor e fruto do Medronheiro

Vamos plantar – um medronheiro?

Arrábida: serra que trepavas cabreiro buscando medronhos. Lugar de frades, verdes pinheiros, rosmaninho, mirto, alecrim, fumo das manhãs… Branco areal onde dormias com barcos e gaivotas. Varanda de ver o mar. Miguel de Castro, poeta Setubalense Quase todas as manhãs, vou a um posto de gasolina, aqui perto, beber café e fazer uma brincadeira com a nossa Maia, para a pôr a correr, enquanto busca … Continue a ler Vamos plantar – um medronheiro?

Fernando Pessoa, Bluriel, flickr.com

O sonho, Fernando Pessoa, B. Sassetti

Maria Zambrano afirma que ao contrário do que normalmente pensamos, o estado de sonho, é o estado inicial da nossa vida, É do sonho que acordamos para o mundo; a vigília advêm num segundo momento. Abandonamos o sonho pela vigília e não o inverso. Maria João Neves Bernardo Sassetti, “O sonho dos outros“, Album Nocturno, 2002 Do Livro do Desassossego, Bernardo Soares, Fernando Pessoa (sugestão, ouvir o Bernardo … Continue a ler O sonho, Fernando Pessoa, B. Sassetti

Sacos de soro e outro com antibiótico, num Hospital

Metamorfose 3

As consultas neste segundo hospital eram no 7º piso (Os elevadores estavam constantemente avariados), quando chegava, mesmo com febre, tinha que ir para uma bicha considerável para validar a consulta, a seguir ia ao 3º piso, mais uma bicha para entregar os papeis e só depois ia até ao 7º piso. Aqui, só havia um pequeno banco, onde se sentavam normalmente os da propaganda médica. … Continue a ler Metamorfose 3

Mapa da Segunda Guerra Mundial na Europa (1939-1941)

Uma Vida de Mar – 3

A PERDA DOS NAVIOS MERCANTES PORTUGUESES, DURANTE O CONFLITO MUNDIAL DE 1939 – 1945 Clicar na Galeria para ver descrição Dezoito navios de comercio e de pesca, sofreram sinistros de guerra, sendo as perdas totais computadas em doze navios, com perdas de 126 vidas, durante os setenta e dois meses, que durou o conflito. O navio Alpha, foi o primeiro a ser afundado, logo no … Continue a ler Uma Vida de Mar – 3

O Deus da Pequenas Coisas, Arundhati Roy

A minha estante de livros – 2

E venham mais 5. 6 – Jorge Luis Borges – Ficções (1941) Edição “Livros do Brasil”, 1969 Capa de Lima de Freitas Prólogo As oito peças deste livro não requerem maior elucidação. A oitava (O Jardim de caminhos que se bifurcam) é policial; os seus leitores assistirão à execução e a todos os preliminares de um crime, cujo propósito não ignoram, mas que não compreenderão, … Continue a ler A minha estante de livros – 2