Vamos plantar – um medronheiro?

Arrábida: serra que trepavas
cabreiro buscando medronhos.
Lugar de frades, verdes pinheiros,
rosmaninho, mirto,
alecrim,
fumo das manhãs…
Branco areal onde dormias
com barcos e gaivotas.
Varanda de ver o mar.
Miguel de Castro, poeta Setubalense

Quase todas as manhãs, vou a um posto de gasolina, aqui perto, beber café e fazer uma brincadeira com a nossa Maia, para a pôr a correr, enquanto busca uns biscoitos espalhados por um terreno adjunto, onde há uns medronheiros, que ainda estão carregados de frutos de um laranja lindíssimo e uns cachos de flores de um belo branco platinado. Dá para apanhar alguns, já maduros, e na época alta, chegamos a fazer doce de medronho. Não se pode comer muitos, senão apanha-se uma bebedeira a valer!

Vamos plantar um medronheiro?

Na varanda, no quintal, num qualquer terreno, até chistoso, com pouca terra, e sem rega, ele vinga! como mostra este vídeo:

Receitas

DOCE DE MEDRONHO

Bolo de medronhos para um chá ao final da tarde

Biscoitos de Aguardente (Alentejo)

Licor de medronho

Receitas da escola superior agrária de coimbra (pdf)

Saber mais:

Confraria do medronho “Os Monchiqueiros”

100milarvores.pt

Aguardente de Medronho é tradição secular em Monchique

Medronho: uma cultura com grande potencial

UAveiro faz bolachas e bombons de medronho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s