A Guerra iminente

Os países estão enfraquecidos pela pandemia e pela crise do petróleo. A despesa com a defesa, na maior parte dos países democráticos é baixa, pois outras prioridades se sobrepõem. Estávamos todos, ou quase todos convencidos que uma 3ª guerra mundial seria impossível. Seria uma guerra sem vencidos nem vencedores. A autodestruição massiva. Antes da 2ª Guerra Mundial ninguém acreditava. As fábricas de armamento estão efusivas. … Continue a ler A Guerra iminente

Os amigos

Os amigos são voláteis, circunstanciais, datados. Os amigos de infância, na maior parte, desvanecem-se como um visão incerta de um barco a remos na neblina da manhã, permanecendo uma ondulação ténue e melancólica. Lembranças de brincadeiras estonteantes, empurrões e zangas sem importância, logo esquecidas. Alguns nomes, só o primeiro nome, caras, nada mais. Vai-se perdendo o rasto na areia, em novas ondas que virão. Os … Continue a ler Os amigos

Cartaz do filme Fiddler on the Roof, Portland Center Stage, flickr.com

Os Filmes da minha vida _ 2

Cinema Paradiso –  Giuseppe Tornatore (1988) Música composta por: Ennio Morricone, Direção de fotografia: Blasco Giurato Elenco : Philippe Noiret, Jacques Perrin, Salvatore Cascio, Mario Leonardi, Agnese Nano, Antonella Attili Nos anos que antecederam a chegada da televisão em uma pequena cidade da Sicília, o garoto Toto (Salvatore Cascio) ficou hipnotizado pelo cinema local e iniciou uma amizade com Alfredo (Philippe Noiret), projecionista que se irritava com … Continue a ler Os Filmes da minha vida _ 2

Elis Regina, de Rubenilson23, commons.Wikimedia.org

O Jazz à Sexta – Elis Regina

Elis Regina, uma das maiores intérpretes do MPB e vozes do Jazz, de uma expressividade e improviso extraordinários. Que saudade de a ver na RTP (espetáculo ao vivo), quando cá veio em 78, fiquei maravilhada, nunca tinha visto nada assim tão exuberante. O público do Festival de Jazz de Montreux, rendeu-se completamente a Elis Regina, o que foi considerada uma das melhores prestações do Festival. … Continue a ler O Jazz à Sexta – Elis Regina

Varinas saíndo para a venda, 1909, Benoliel, Joshua. 1873-1932, fotógrafo, Arquivo AML

Uma Vida de Mar – 5

Continuação da publicação de excertos da epopeia marítima, do Comandante da Marinha Mercante, Jorge Manuel Correia Tomé. A sua atividade estendeu-se desde os anos 40 aos anos 80, do século passado. Só consegui encontrar estas fotos, no Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, relacionadas com a descarga de carvão, e duas com as varinas, mas em épocas anteriores e posteriores à data da narrativa. De … Continue a ler Uma Vida de Mar – 5

Adoção – Gata Ruby

Transcrevo o apelo que recebi do Cantinho da Milu A Ruby precisa dum lar. Ao partilhar, já está a ajudar! Há gatos …. e depois há a Ruby  Uma gata linda, meiguíssima, que adora companhia humana e mimos. Foi encontrada na rua. Era suposto ser esterilizada e libertada na mesma colónia, mas foi impossível resistir à sua doçura. A Ruby merece o conforto de uma … Continue a ler Adoção – Gata Ruby

Salvador Sobral, foto de Oli Zitch, flickr.com

O Jazz à sexta – Salvador Sobral

O novo álbum de Salvador Sobral, bpm, saiu a 28 de maio. Este projeto, que conta com 13 novas faixas (e o prelúdio de uma), é cantado em três línguas e completamente composto pelo cantor. Perfeito para amantes de jazz e uma autêntica ode à boa cultura musical. As primeiras ideias surgiram num retiro feito no Alentejo, mas bpm foi gravado no início do ano no Le Manoir de … Continue a ler O Jazz à sexta – Salvador Sobral

Urna de voto, pixabay

Festejemos a liberdade

Rejeitámos o neo-liberalismo, os racismos, a mentira populista, o capitalismo selvagem. O enriquecimento fraudulento, é transversal, logo é uma incógnita. Pela civilização, pelo Futuro verde e sustentável, pela igualdade de oportunidades. Pela liberdade. Que se cumpra. Com o nosso empenho, contribuição e vigilância, também. E vamos assim festejá-la, abraçando a cultura cigana, com a garra, o virtuosismo e a alegria cigana. “Le tigre de Django” … Continue a ler Festejemos a liberdade

Sinal proibido com vaca, Pixabay

A (má) influência dos campeões

O tenista sérvio, campeão mundial, Novak Djokovic, é vegan. pratica jejum intermitente, defensor da medicina holística, dos direitos dos animais. E é anti-vacinas. Recentemente foi repatriado da Austrália, onde decorria o Open, por ter mentido, afirmando estar vacinado e não fazendo a quarentena obrigatória. Também se tornou proprietário de vários restaurantes vegans no seu país. “Conheço algumas pessoas que, através de transformação energética, através do … Continue a ler A (má) influência dos campeões

Keith Jarrett, The Köln Concert

O Jazz à sexta – Keith Jarrett

E um poema de Ana Mafalda Leite Keith Jarrett, menino prodígio, compositor e pianista, do jazz à música erudita, criou uma lendária composição, o Concerto de Colónia, em 1975, porque praticamente tocada de improviso e com trechos bastantes longos, na base de um um ou 2 acordes, completamente inusitado até aí. O que foi mais incrível, é que foi tocado em Colónia, num piano impróprio, … Continue a ler O Jazz à sexta – Keith Jarrett

Capa do ROMANCEIRO GITANO, POETA EM NOVA YORK, LLANTO POR IGNACIO SÁNCHEZ MEJÍAS DE FREDERICO GARCÍA LORCA

A minha estante de livros – 3

E venham mais 5. 11 – A FALA DO ÍNDIO Autora: Teri D. McLuhan Fotografias de Edward Sheriff Curtis (1868-1952) Edição “FENDA” Da contracapa: As vastas e abertas planícies, as belas colinas e as águas que em meandros complicados serpenteiam, não eram, aos nossos olhos, “selvagens”. Só o homem branco via a natureza “selvagem”, e só para ele estava a terra “infestada de animais selvagens” … Continue a ler A minha estante de livros – 3