Lua, Photo by Tony Fisher from Pexels

Lua Nha Testemunha

1986. Ele veio de férias a Portugal, vindo de Moçambique. “Desculpe, a menina não esteve em Moçambique?” . Oh não… pensei eu, sentada à ioga, como era costume, em cima de um bloco de pedra, na entrada de um centro comercial. Estava esperando pela Luísa, minha querida amiga, que tinha ido procurar trabalho numa livraria do centro. Ele, não voltou mais, a Moçambique. E a … Continue a ler Lua Nha Testemunha

Raffaella_Carrà, anos 60

Raffaella Carrà (1943-2021)

Homenagem à grande cantora, dançarina, coreógrafa, atriz e apresentadora, ícone da POP e da TV. Foi e será sempre um Símbolo de Liberdade, quer seja sexual, filosófica ou artística. Carrà em entrevista à revista Rolling Stones Italia : “Cantei com a minha cabeça, com o meu cabelo, com a liberdade do meu corpo. Havia alguma libertação sexual feminista nas minhas canções e naqueles arcos provocativos … Continue a ler Raffaella Carrà (1943-2021)

Salvador Sobral e Júlio Resende

Mano a Mano

Canção “Mano a Mano”, cantada por Salvador Sobral e António Zambujo. Letra de Maria do Rosário Pedreira e música de Júlio Resende. Júlio Resende no piano, André Rosinha no contrabaixo e Bruno Pedroso na bateria Mano a Mano Vim chorar a minha pena No teu ombro e afinal A mesma dor te condena Choras tu do mesmo mal Irmãos gémeos num tormento Filhos da mesma … Continue a ler Mano a Mano

José Mário Branco

José Mário Branco

Em Junho, celebra-se o solstício de Verão, as festas da fertilidade, dos Santos, António, João e Pedro, com as marchas e as folias, as fogueiras e as sardinhas. Aqui vai uma canção em tom de marcha popular, (o mesmo titulo do meu blogue), nomeando algumas freguesias e zonas de Lisboa (a negrito), no tom provocador e irónico, de José Mário Branco, saudoso e meu muito … Continue a ler José Mário Branco

A young Atahualpa Yupanqui pictured for Sintonía magazine of Argentina.

Atahualpa Yupanki

“Sua obra não tem limite geracional nem de género. É uma arte pura que nos representa, nos dignifica e nos mostra um caminho” Citação da edição de maio da revista Rolling Stone argentina, de Nebbia. Nunca mais me esqueci deste nome, Atahualpa Yupanki, não é fácil de fixar, mas como poderia olvidar, esta voz, a sua interpretação poética, doce, intensa, numa língua lindíssima, o argentino, … Continue a ler Atahualpa Yupanki

Foto de António Gedeão

A Alquimia do Sonho

Canção de Manuel Freire sobre o poema “Pedra Filosofal”, publicado no livro Movimento Perpétuo, em 1956, do pedagogo, investigador de história da ciência, professor de físico-químicas e poeta, António Gedeão (Rómulo Vasco da Gama de Carvalho 1906 – 1997) Pedra Filosofal Eles não sabem que o sonho é uma constante da vida tão concreta e definida como outra coisa qualquer, como esta pedra cinzenta em que me sento … Continue a ler A Alquimia do Sonho