Raffaella Carrà (1943-2021)

Raffaella_Carrà, anos 60

Homenagem à grande cantora, dançarina, coreógrafa, atriz e apresentadora, ícone da POP e da TV. Foi e será sempre um Símbolo de Liberdade, quer seja sexual, filosófica ou artística. Carrà em entrevista à revista Rolling Stones Italia : “Cantei com a minha cabeça, com o meu cabelo, com a liberdade do meu corpo. Havia alguma […]

Ler Mais

A Extrema Direita Ultra Liberal

Ebenezer Scrooge

Desacreditarium matem o lobo! se o lobo cão destroça a ovelha a culpa é da ovelha não do abandono (dos cães) Os 10 Mandamentos Desemprego? não querem trabalhar! -> seus malandros / o povo é preguiçoso manhoso Patrão é agora “CEO” -> só sacrifício / um escravo do trabalho / super explorado pelos empregados A […]

Ler Mais

José Mário Branco

José Mário Branco

Em Junho, celebra-se o solstício de Verão, as festas da fertilidade, dos Santos, António, João e Pedro, com as marchas e as folias, as fogueiras e as sardinhas. Aqui vai uma canção em tom de marcha popular, (o mesmo titulo do meu blogue), nomeando algumas freguesias e zonas de Lisboa (a negrito), no tom provocador […]

Ler Mais

Ai Weiwei

Ai Weiwei (Pequim, 28 de agosto de 1957) é um artista, designer arquitetónico, artista plástico, pintor, comentarista e ativista social chinês, atualmente a viver em Portugal. Fonte : WikiArt Apresentação da sua maior exposição, com cerca de 85 obras, intitulada “Rapture“, e que será exibida em Lisboa, na Cordoaria Nacional, a decorrer de 4 de Junho a 28 de Novembro. “Fiquei fascinado com […]

Ler Mais

A Alquimia do Sonho

Foto de António Gedeão

Canção de Manuel Freire sobre o poema “Pedra Filosofal”, publicado no livro Movimento Perpétuo, em 1956, do pedagogo, investigador de história da ciência, professor de físico-químicas e poeta, António Gedeão (Rómulo Vasco da Gama de Carvalho 1906 – 1997) Pedra Filosofal Eles não sabem que o sonho é uma constante da vida tão concreta e definida como outra […]

Ler Mais

Maio

Maio maduro Maio de Zeca Afonso, Álbum LP “Cantigas do Maio” de 1971. Cantado por Emmy Curl, Catarina Miranda. Maio maduro Maio Quem te pintou Quem te quebrou o encanto Nunca te amou Raiava o Sol já no Sul E uma falua vinha Lá de Istambul Sempre depois da sesta Chamando as flores Era o […]

Ler Mais

25 de Abril

Parque dos Poetas (Sophia de Mello Breyner Andresen), Oeiras

1974 Esta é a madrugada que eu esperava O dia inicial inteiro e limpo Onde emergimos da noite e do silêncio E livres habitamos a substância do tempo Sophia de Mello Breyner Andresen, Poema 25 Abril 2021

Ler Mais