Gueto de Varsóvia, 2ª Guerra Mundial

200 crianças mortas. Ouvindo Pink Floyd

200 crianças 200 crianças, disseram eles. Nem que fosse uma só criança. É como espezinhar um ninho no caminho e não olhar para trás. Como as vendetas que até o cão e o gato matam. A exterminação impiedosa, a carnificina sem critério, sem humanidade alguma. “A morte saiu à rua” “A las cinco de la tarde.” Mataram, queimaram, destruíram, mas não mataram a semente de … Continue a ler 200 crianças mortas. Ouvindo Pink Floyd