Paquete Serpa Pinto, Portugal, 1915, John Oxley Library, State Library of Queensland. commons.wikimedia.org

Uma Vida de mar – 6

Continuação da publicação de excertos da epopeia marítima, do meu amigo, Comandante da Marinha Mercante, Jorge Manuel Correia Tomé. A sua atividade estendeu-se desde os anos 40 aos anos 80, do século passado. Ressalvo: As descrições, citam certos termos de uma realidade vivida durante uma determinada época, nos anos 40, não pretendendo o autor identificar-se com as instituições e a nomenclatura em vigor. DOIS ACIDENTES … Continue a ler Uma Vida de mar – 6

Os amigos

Os amigos são voláteis, circunstanciais, datados. Os amigos de infância, na maior parte, desvanecem-se como um visão incerta de um barco a remos na neblina da manhã, permanecendo uma ondulação ténue e melancólica. Lembranças de brincadeiras estonteantes, empurrões e zangas sem importância, logo esquecidas. Alguns nomes, só o primeiro nome, caras, nada mais. Vai-se perdendo o rasto na areia, em novas ondas que virão. Os … Continue a ler Os amigos

Varinas saíndo para a venda, 1909, Benoliel, Joshua. 1873-1932, fotógrafo, Arquivo AML

Uma Vida de Mar – 5

Continuação da publicação de excertos da epopeia marítima, do Comandante da Marinha Mercante, Jorge Manuel Correia Tomé. A sua atividade estendeu-se desde os anos 40 aos anos 80, do século passado. Só consegui encontrar estas fotos, no Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, relacionadas com a descarga de carvão, e duas com as varinas, mas em épocas anteriores e posteriores à data da narrativa. De … Continue a ler Uma Vida de Mar – 5

O antigo navio transatlântico austríaco KAISER FRANZ JOSEPH I. Postal, coleção particular, por volta de 1926

Uma Vida de Mar – 4

Continuação da publicação de excertos da epopeia marítima, do Comandante da Marinha Mercante, Jorge Manuel Correia Tomé. A sua atividade estendeu-se desde os anos 40 aos anos 80, do século passado. OS ANTIGOS NAVIOS A VAPOR E AS SUAS TRIPULAÇÕES Nos velhos navios a vapor, havia uma classe de tripulantes, que pelo seu árduo esforço, mereciam que lhes rendamos os melhores elogios, pela maneira própria … Continue a ler Uma Vida de Mar – 4

Banco de Jardim, dariusz_pexels.com

No Banco de Jardim – Carlos Drummond de Andrade

Os bancos de jardim. São, camas, casas, mesas, meditação, poiso de bicharada, obras de arte, solidão, leituras, amizades, amores, encontros, descanso, sombra, contemplação, tanta coisa. Nos jardins, onde a natureza ordenada encontra a outra, a selvagem. Onde nos sentimos bem. No Banco de Jardim – Carlos Drummond de Andrade No banco de jardim, o tempo se desfaz e resta entre ruídos a corola de paz. … Continue a ler No Banco de Jardim – Carlos Drummond de Andrade

Discos de Bernardo Sassetti

O assassínio da vida

Não, não estou numa fase negra, nem de luto, só se for pelo SNS (serviço nacional de saúde), nem penso em suicídio, só quando me massacram acima dos limites, lá na diálise, o que só dura uma hora ou duas, depois passa.É que, deparei-me com o Bernardo Sassetti, a tocar a Noite, do filme Alice, filme multipremiado, que nunca vi, no You Tube, e fiquei … Continue a ler O assassínio da vida

Mar dos Sargaços, Wikimedia Commons

Uma Vida de Mar – 2

Continuação da publicação de excertos da epopeia marítima, do Comandante da Marinha Mercante, Jorge Manuel Correia Tomé. A sua atividade estendeu-se desde os anos 40 aos anos 80, do século passado. PRIMEIRO VOLUME A TRAVESSIA DO ATLÂNTICO NORTE E O MAR DOS SARGAÇOS Durante as dezenas de travessias do Atlântico Norte, ao longo dos anos que andei no mar, quer tivesse saído do Canal da … Continue a ler Uma Vida de Mar – 2

"Os emigrantes" do toscano Angiolo Tommasi (Livorno, 1858 - Torre del Lago, 1923)

Uma Pintura – Um Artigo – Emigração

Não há nós e os emigrantes. Há pessoas. Carlos Daniel barros, num artigo do Público A Pintura “Os emigrantes”, de Angiolo Tommasi, retrata a emigração italiana em massa no século XIX, (muitos foram para o Brasil), devido à crise económica Europeia, agravada pelas dificuldades após a Unificação de Itália. Ver A Grande Emigração Italiana do Século XIX em Pinturas. Continue a ler Uma Pintura – Um Artigo – Emigração

Beatriz, minha vizinha

Foto 1 – BEATRIZ

A sua casa era parecida com a casa de Irene, quase nada tinha. A miséria material, não a humana. Apesar da pobreza e das doenças, ela respirava sageza, humor e alegria. À sua porta sorriam hortênsias, lá dentro brilhavam as loiças e as molduras, de um passado duro, mas cheio de boas histórias para contar. A janela que te emoldura, Beatriz, estará para sempre pendurada … Continue a ler Foto 1 – BEATRIZ